30 de outubro de 2011

TO CISMANDO.....

Cismando na vida. Como o tempo passou rápido! Ainda tenho tanta coisa coisa que quero fazer. Ainda tenho tantos planos....Mas o implacável tempo vai escorrendo, e o fim de mais um ano está chegando.
To cismando que os dias  são tão difíceis...a grande maioria deles são difíceis.
Temos que fincar o pé no chão e continuar a caminhada, mesmo que a vontade seja de esconder o corpo embaixo de cobertas quentinhas, e não pensar em nada.
To cismando, to cismada... Cismada que as vezes parece que não vou dar conta da vida...Mas ela já me foi tão mais dificil...Acho que a maturidade me trouxe sabedoria mas também fragilidade.
A sabedoria de respeitar meu tempo, de viver o aqui e agora. Mas a fragilidade de uma alma e de um corpo cansados.
Hoje to cismando na minha solitude, na contrução desta minha maturidade.Sei que sou o que fiz de mim.
 O ano findando...Eu cismando...
   
                         Eu cismo
                         Tu cismas
                          Ele cisma
                          Nós cismamos
                          Vós cismais
                           Eles cismam
                         


 Mas to com uma preguuuuuuiiiiiiiça de cismar....

29 de outubro de 2011

25 de outubro de 2011

RETICÊNCIAS.....















Tenho destas crises....Reticências  da vida....De tempos em tempos me bate esta leseira, olho pra tudo e me dá um branco...
Não tenho (ou não quero ) nada pra dizer...  "O não ter o que dizer é uma forma de silenciar."  Só viver e sentir...Reticencias....elas marcam a suspensão da frase.... pra mim a suspensão da vida
Desta vez pode ser excesso de emoções....Porque foram muitas...Desde que a minha irmã chegou  minhas  emoções se potencializaram...
Em casa sózinha é que consigo processar  o que tenho vivido nos últimos dias.  Tudo isto me dá uma canseira danada... Fico parada na vida, olhando o tempo passar, querendo segurá-lo nas mãos,  para que as boas emoções não passem... Mas não tenho este poder, fico olhando elas irem embora lentamente...dando espaço no centro emocional para viver outras...
Olho....sinto...sinto...olho....o tempo passa...a vida vai....e "eu aqui parada dando comida aos pombos".
Daqui a pouco entro no ritmo de novo... No meu ritmo, porque a estas alturas respeitar o meu ritmo é fundamental.
  Que bom poder ter o tempo para viver tudo isto.....
                     E viva a maturidade!!!!!!!

18 de outubro de 2011

CHEGOU!!!!

 O dia chegou!!!!!!
Eramos quatro, agora somos tres.....Mas só duas  no Brasil.
Finalmente o dia chegou, estou indo encontrar minha irmã.....Vou poder abraçá-la ..
Agora seremos tres novamente.....

12 de outubro de 2011

DO CINZA AO LARANJA!!!!!

Meu cantinho está pronto... faltando agora sómente  flores e  plantas,  mas isto vai vir com o tempo.
 Apesar do grande esforço fisico ( fazer concreto e traço não foi moleza) gostei do resultado....
ANTES...
Era assim um tanto "tristonho ficarei"......
Agora  está assim bem mais alegre.... Clarice curtindo de montão...
DEPOIS....

7 de outubro de 2011

JACQUES BREL - NE ME QUITTE PAS - LEG.EM PORTUGUES

NÃO ME DEIXES....AMOOOOOOOOOOOOO!!!!!

                                           Ne Me Quitte Pas

Não me deixe
Devemos esquecer
Tudo pode ser esquecido
Que já tenha passado
Esquecer os tempos
Dos mal-entendidos
E os tempos perdidos
Tentando saber como
Esquecer as horas
Que as vezes mataram
Com golpes de porquê
O coração da felicidade
Não me deixe


Eu te oferecerei
Pérolas de chuva
Vindas de países
Onde não chove
Eu vou cavar a terra
Até após a minha morte
Para cobrir o seu corpo
De ouro e luzes
Eu farei um reino
Onde o amor será rei
Onde o amor será lei
Onde você será rainha
Não me deixe


Não me deixe
Eu inventarei
Palavras sem sentido
Que você compreenderá
Eu te falarei
Sobre os amantes
Que viram duplamente
Seus corações se beijarem
Eu te contarei
A história deste rei
Morto por não poder
Te reencontrar
Não me deixe


Nós frequentemente vemos
Renascer o fogo
Do vulcão antigo
Que pensamos estar velho demais
Nos é mostrado
Em terras que foram queimadas
Nascendo mais trigo
Do que no melhor abril
E quando vem a noite
Com um céu flamejante
O vermelho e o negro
Não se casam
Não me deixe


Não me deixe
Eu não vou mais chorar
Eu não vou mais falar
Eu me esconderei lá
Para te contemplar
A dançar e sorrir
E para te ouvir
Cantar e, então, rir
Deixe que eu me torne
A sombra da sua sombra
A sombra da sua mão
A sombra do seu cachorro
Não me deixe

5 de outubro de 2011

UFFFFF!!! QUE CANSEIRA BOA!!!!!!!

Quando aconteceu, não sei...acho que foi acontecendo gradativamente...olhava e não gostava do que via....O tempo passando eu olhando e querendo fazer a mudança.
Vieram as águas e o cenário ficou mais sem graça ainda...Resolvi colocar a mão na massa.
Uma trabalheira sem tamanho, mas está valendo a pena...
Era assim....
Como vai ficar? quando estiver tudo pronto vou mostrar...
Ontem fiz meu "Canteiro de Ervas",  minha amiga Nani  veio me ajudar...É entendida em canteiros...nossa tarde foi  cansativa e ilária....
Olha o canteiro como ficou...ainda faltam algumas ervas.

Ervas plantadas  regadas resolvemos sair a procura de "tesouros" ...olha o que achamos!! um palete que vai complementar meu pequeno refúgio, uma caixa de ferramentas..  provavelmente vai para no Craft Room, e duas venezianas, vamos reciclar.....foi realmente uma tarde proveitosa.
Sem contar o tanto que rimos  e nos divertimos enchendo o carro.
  Olha nossos tesouros:

Terminamos a tarde despenteadas, sujas, mas muito satisfeitas.....   Ainda fomos no Aniversário de nossa amiga Trudy....Ufffffff!!!!!!que canseira!!!!!

Marcadores