18 de setembro de 2009

Nosso Corpo.


"Nosso corpo, como Deus, anda por caminhos misteriosos.

O corpo que habitamos e usamos como um casaco desde o nascimento ( e mesmo antes do nascimento),continua sendo um estranho para nos.No fim das contas, quase tudo o que fazemos na vida e para o bem estar do corpo: tomamos banho todos os dias, escovamos os dentes; penteamos os cabelos; cortamos as unhas; trabalhamos em empregos desinteressantes para poder-mos comer e nos vestir; nos esforcamos para protege-lo da dor, da violencia e do dano. E, no entanto, o corpo permanece um misterio, um livro que nunca lemos....Apesar da dedicacao de uma vida inteira ao nosso corpo, nunca nos vimos cara a cara com nossos rins, como recinheceriamos nosso proprio figado se o vissemos misturado a outros,e como podiamos nunca ter visto o nosso cerebro? Sabemos mais sobre as profundezas do oceano, estamos mais familiarizados com locais remotos do espaco sideral do que com nossos orgaos, musculos e ossos.Entao talvez nao existem dores imaginarias. Talvez todas as dores sejam reais, talvez cada golpe de muito tempo atras sobreviva pela eternidade sob alguma forma ou numa permutacao diferente.Tavez o corpo seja essa entidade hipersensivel e vingativa, um livro de contabilidade, um inventario de indelicadezas e crueldades.

Mas, se isso e verdade, talvez o corpo se lembre de cada gesto de bondade, de cada beijo, de cada ato de compaixao. Certamente essa e a nossa salvacao, nossa unica esperanca, a de que a alegria e o amor estejam tambem entremeados no tecido do corpo, no vigor de cada musculo, no cerne de cada celula pulsante. "

(Livro:A distancia entre nos.)

(Autora: Thrity Umrigar)

5 comentários:

Ilana disse...

Nosso corpo.. e olhe que tem gente mais preocupada com o casaco, do que de fato o casaco cobre.

gostei do espaço =D
abrs e bom final de semana

Elaine disse...

Olá!
Este é um comentário-lembrete:
Amanhã, dia 20 de setembro, é o dia da Blogagem Coletiva Uma carta para mim em comemoração ao 1º aniversário do meu blog.
Como seu blog é um dos inscritos estou passando para lembrar.
Espero por você!
Elaine

dollystar disse...

Olá, tive que passear por todas tuas postagens para poder te conhecer melhor; encontrei em cada linha um pouco de mim até na maneira de enxugar as lágrimas!
Parabéns pelo novo caminho e que se essa nova estrada não te trouxer as flores desejadas, que venham pelo menos, outras pelo menos, sem espinhos!
Beijos

Jaluza Scrap disse...

Sempre que venho aqui saio encantada com o que encontro.
Obrigada sempre!!
Bjs querida

Carla Martins disse...

Nossa!!!!! Adorei o trecho....eu sou louca por esse livro. Ainda não li, mas está na lista! Só ouço falar bem!

beijos!

Marcadores